quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Robby Gordon da Nascar para o Dakar


Quem se acostumou a ver o Hummer de Robby Gordon nas cores preto e verde terá uma surpresa na edição 2011 do Dacar: o piloto irá competir com a cor laranja em virtude da mudança de patrocínio. Até 2010, o americano corria com o apoio do energético Monster, mas a partir de agora usará o esquema de pintura do concorrente Speed.

A nova bebida foi criada pelo próprio Gordon a fim de angariar recursos para continuar a participar da Nascar e de competições offroads. Ainda sem data para começar a ser comercializado, o americano aposta no sucesso do produto por conta da promoção da marca que será exibida tanto no Dacar quanto nas 500 Milhas de Indianápolis, além de corridas importantes da Nascar.

O piloto garantiu que a criação do energético não foi um tiro no escuro, mas sim um empreendimento sério. “Entendo muito bem o mercado e sei o que devemos fazer para termos êxito. [O Speed] é muito semelhante aos outros produtos, mas tem suas diferenças graças à qualidade na hora da produção”, explicou.

Apesar de apostar no sucesso da bebida, Robby Gordon já passou por um inconveniente. Uma empresa do ramo de bicicletas processou o piloto pela acusação de copiar a logomarca. Para resolver o impasse, o americano alterou o símbolo do energético e o caso foi arquivado.


terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Brasil fora do IRC no calendário 2011

Como todos já sabem que o IRC não virá para o Brasil, a novidade é que o Dakar esta previsto em desbravar nossas terras. Há boatos de que há possibilidades do WRC pintar em nosso terreno, quem sabe?

Para relembrar um pouco achei umas imagens e vídeos dos dois anos de IRC aqui no Brasil....

Seguem as imagens:

video

Passagem Kriss Meeke - SS 4 Barras entrada do mergulho

Salto em Campo Magro 2010

Super Primer - Pinhais


Salto Campo Magro 2009


video

Mergulho SS 4 Barras - Tedesco/ Morales

WRC: etapa inicial do Rali do México deve ser subterrânea, diz jornal


Segundo o diário espanhol 'As', a especial de abertura do Rali do México será disputado nos túneis de Guanajuato, pois a cidade é tombada como patrimônio da humanidade

O Rali do México, segunda etapa da temporada 2011 do WRC, terá a primeira especial quase toda disputada no subterrâneo — é o que diz o jornal espanhol 'AS'. Marcada para o dia 3 de março, a abertura da competição acontece na cidade de Guanajuato, que é tombada como patrimônio da humanidade desde 1988.

Como a superfície da cidade é marcada pela presença de palácios, igrejas e monumentos — frutos da época da colonização espanhola quando a mineração era a principal atividade econômica local — a organização da etapa mexicana do WRC optou por utilizar justamente os túneis das minas de ouro e prata para realizar a competição. Essas vias são usadas pelos moradores, mas o limite de velocidade é de 20 km/h.

Ainda segundo a publicação, não está confirmado quanto do percurso será subterrâneo. Estima-se que cerca de 80% da etapa de abertura — correspondente a dois quilômetros — seja disputado embaixo da terra.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ford World Rally Team diretor técnico Christian Loriaux descreveu teste de cinco dias a equipe na Suécia na semana passada como "positiva".


Os pilotos Mikko Hirvonen e Jari-Matti Latvala treinaram cerca de 1250 km em uma versão de desenvolvimento do novo Ford Fiesta RS World Rally Car durante o ensaio perto de Kall, que é um local popular de teste no país.

Latvala trabalhou na segunda-feira e terça-feira com seu colega finlandês Hirvonen assumindo o lugar de quarta-feira até o final de sexta-feira, quando a equipe retornou para sua base no Reino Unido.

Loriaux disse: "Nós não podemos falar muito sobre o carro por causa do embargo [restrições], mas conseguimos cerca de 250 quilômetros a cada dia. Existem algumas coisas que gostaria de melhorar, que é sempre o caso, mas foi um teste positivo e os pilotos estão muito felizes. As estradas que Jari utilizou não foram tão bons, embora fossem melhores para Mikko.

"O problema que temos, porém, é saber onde será comparado com os nossos rivais e não vamos ficar esperando até o primeiro estágio na Suécia. Não podemos comparar o Fiesta com o Focus, pois são carros completamente diferentes rodando completamente diferentes regulamentos. "

O teste da Ford em Portugal na seqüência de uma sessão de quatro dias nas estradas de cascalho em Portugal no início deste mês. A equipe não se deve testar novamente até mais tarde, em janeiro, quando ele retorna para a Suécia para concluir os seus preparativos finais para o Rally da Suécia, a rodada de abertura do World Rally Championship, que se baseia em Karlstad de fevereiro de 10-13.

Apesar de fazer uma pausa do ensaio para algumas semanas, Loriaux disse que não haveria pausa da equipe de trabalho à frente da campanha de 2011.

"Vai ser bastante corrido, porque o nosso objetivo é ter 10 carros prontos para a Suécia", disse Loriaux ", e ainda há algumas coisas que gostaríamos de passar para fora do carro. Nós também temos a inspeção de homologação chegando por isso estamos muito ocupados com isso e se preparando para o próximo teste na Suécia. "

Nova TR4ER - Lançamento pra Mit Cup 2011

Dando continuidade ao uso da tecnologia Flex em seus carros de competição, a Mitsubishi Motors lança um novo carro para o Rally Mitsubishi Cup 2011: a partir do próximo ano, os competidores contarão com um Pajero TR4ER (Etanol Racing) no grid de largada. Com o motor "flex" que utiliza como combustível o etanol e tem tecnologia 100% nacional, o novo carro tem, além do design diferenciado, potência de 140 cv (5500 rpm), suspensão redimensionada, ar-condicionado, painel original, novo design e pneus Scorpion Rally Mud como novidades que integram o veículo.

"Foram dois anos de desenvolvimento neste carro, que é baseado no veículo que comercializamos. O propósito era buscar soluções e melhorias que tornassem o veículo ainda mais adaptado tanto para o piloto quanto para o navegador e que tivessem características que mostrassem que o carro foi construído pensando neles, por isso apostamos em soluções como melhor ergonomia, cinto de segurança de cinco pontos, quarto pedal para piloto e apoio de pé para o navegador em kvelar, nova mesa de navegação de fibra de carbono, janelas de acrílico e um extintor adicional de 4,5 kg", explica Guilherme Spinelli, diretor de competições da Mitsubishi Motors.

Em 2011, o Rally Mitsubishi Cup será disputada por seis diferentes categorias: TR4ER, TR4ER Light, TR4R Light, L200 Triton RS, L200 Triton RS Handicap e L200 RS. Entre elas estão as duas novas categorias, a TR4ER e a TR4ER Light. "A cada ano que passa estamos nos aprimorando cada vez mais com o objetivo de oferecer aos nossos competidores uma oportunidade de eles fazerem o que gostam, sempre tendo o esporte como ponto chave", explica Guilherme.

"É um evento tradicional do automobilismo nacional realizado em um ambiente saudável, onde a participação em cada uma das etapas conta tanto quanto ganhar. Isso cria um ambiente familiar, de laços de amizade dentro e fora das pistas muito prazeroso para todos que correm. Além disso, a tranqüilidade de termos a possibilidade de locação das Triton RS para correr facilita e muito a vida dos competidores, uma vez que com o veículo alugado temos ainda alguns benefícios facilitadores, como a infraestrutura envolvida, mecânicos treinados e nenhuma preocupação com a administração da logística das etapas. É só levar o piloto e o navegador e fazer bem a prova", avalia Cristian Baumgart, que estreou no Rally Mitsubishi Cup no ano passado, ganhando o campeonato na categoria Triton RS.

Para participar do Rally Mitsubishi Cup, pilotos e navegadores podem optar pela locação das Triton RS, como no caso de Cristian, ou compra da nova TR4ER, para os competidores que optarem por montar estruturas e equipes próprias. "Essa é uma das facilidades que a competição te proporciona, pois é uma forma de democratizar a participação, conforme a conveniência das equipes", analisa Cristian.

Piloto acostumado com as competições, Cristian avalia que as novidades para 2011 só irão enriquecer ainda mais o evento. "O que está sendo proposto é muito bom não só para os pilotos e equipes envolvidas, como também para a competição como um todo, que ganha um peso maior e a torna ainda mais respeitável no universo automobilístico", conclui.

Mitsubishi Lancer Racing, veículo da dupla Spinelli/Haddad, já está em Buenos Aires

A Equipe Mitsubishi Brasil já deu início a contagem regressiva rumo ao Rally Dakar 2011. O navegador Youssef Haddad chegou ontem (26/12) a Buenos Aires e o piloto Guilherme Spinelli embarcará no dia 29 de dezembro (quarta-feira). Ao todo a equipe será formada por 14 profissionais franco-brasileiros no maior e mais perigoso rali do mundo. O Dakar 2011 será disputado entre os dias 01 e 16 de janeiro, em um percurso de mais de 9.000 km entre Argentina e Chile. Serão 425 veículos (186 motos, 140 carros, 67 caminhões e 32 quadriciclos).

"Foram duas frentes de preparativos da equipe, uma na França e outra no Brasil. Estou muito satisfeito com a formação da equipe e agora precisamos nos concentrar para fazermos uma boa prova e termos bastante sorte" revelou Guiga Spinelli, que participará do seu terceiro Dakar.


O Mitsubishi Lancer Racing já está em solo argentino depois de 2.300km de viagem. Até a sua vistoria técnica no último dia do ano, ele ficará na concessionária da Mitsubishi Alfacar. Além do Lancer Racing, também desembarcaram as duas Mitsubishi Pajero Dakar, de apoio, e o motorhome. O caminhão de apoio MAM T5 saiu no dia 27 de novembro de Le Havre, na França, e chegará no porto de Buenos Aires no dia 29 de dezembro (quarta-feira). Com a chegada dos veículos, a capital Argentina já começa a respirar o Dakar. Fanática por esportes, a população entra no clima da competição e dá início a contagem regressiva para a largada promocional, que levará um pouco da emoção da competição para o público, no dia 01 de janeiro, no Obelisco, na Praça 9 de Julio.

"Buenos Aires já respira Dakar, os jornais já estão dando destaque ao rali, a cidade está cheia de outdoors sobre a prova. A população está entrando no clima do rali", explicou o navegador Youssef_Haddad.

O maior rali do mundo se firmou na América do Sul, com traçados diferentes a cada edição na Argentina e no Chile. Em 2009, na sua primeira edição no continente, o rali foi realizado na região sul, em 2010 foi no centro da Argentina e em 2011 o Dakar vai para a região norte, onde cruzará os desertos de sal argentino. O grande desafio será o Paso de Jama (cidade de Jujuy), no extremo norte, onde a Cordilheira dos Andes é mais ampla. Os pilotos andarão boa parte do percurso, cerca de 200km, bem acima do nível do mar, chegando a 4 mil metros de altitude.

Texto:Imprensa Mitsubishi

Subaru revela protótipo do novo Impreza

O Salão de Los Angeles (EUA), que abre para o público entre os dias 19 e 28 de novembro, mostra entre as surpresas a versão conceitual do novo Subaru Impreza. Tire os detalhes futuristas, como as luzes azuladas no grupo ótico e o excesso de cromados e terá uma boa idéia de como será o carro definitivo.


Sedã está entre as surpresas do Salão de Los Angeles

Mais do que apenas os detalhes estéticos, o protótipo também antecipa como será o conjunto mecânico da novidade. O motor 2.0 fez parte de uma nova geração de propulsores boxer da marca japonesa, que ficará acoplado ao câmbio automático CVT, com relações de marca continuamente variáveis.

Subaru Impreza voltará ao WRC?

Tanto a Cosworth e Subaru marcas estão impregnadas da história do automobilismo. Este ano, o retorno da Cosworth de Fórmula 1, e 2012 pode ainda ver Subaru no WRC de volta, graças a uma parceria entre as duas empresas. O motivo? Uma chance em regulamentos da FIA WRC e WTCC para que pudesse ver projetado conjuntamente Boxer 1.6 turbo.

A medida, já prevista para a próxima temporada WRC com base nas regras Super2000, corresponderia mercado japonês a progressão em direção a menores, os motores mais ecológicos, o que poderia tornar um caso justificável para Subaru para re-introduzir o esporte onde floresceu uma vez. Devido ao WTCC e regras de homologação WRC, o motor teria que ser construído em, pelo menos, alguns veículos de produção. Isso não significa necessariamente que os EUA seriam incluídos, no entanto.

Ainda não está claro se os menores powerplant - que é em si ainda pouco mais que conjunturas - slot que em um WRX STI, ou mesmo um favor e produção de efeitos de corrida, ou encontrar uma saída em um carro menor, talvez um impreza compacto similar ao A1 da Audi? Ou ingressa com os S2000?

Um motor deste porte pode gerar saudáveis 250 cavalos (S2000), se desejar apimentar o conjunto é possível como podemos verificar no Impreza STI Cosworth, que simplesmente foi realizado um “tunning” acerto fino no motor e sem trocar o turbo um pequeno acréscimo de 100 cavalos em cima do motor STI.

Estamos tão animado que Subaru pode encontrar o seu caminho de volta para o WRC.




Edição Especial: Subaru Impreza STI Cosworth CS400 2011 tem motor de 400cv!

Os consumidores do Reino Unido que gostam de velocidade terão a disposição uma edição especial do Subaru Impreza WRX STI. Limitada em apenas 75 unidades, o modelo recebeu uma preparação especial da inglesa Cosworth que o deixou, além do visual extremamente agressivo, com 400cv de potência!

Batizado como Impreza STI CS400 Cosworth, o hatch de 400 cv (94 a mais que a versão original) precisa de impressionantes 3,7 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. Para se ter uma idéia, o modelo é um décimo de segundo mais rápido que o Porsche 911 GT3 RS. (O Porsche 911 é 6 cilindros tração traseira)

Como um legítimo esportivo, o câmbio é manual de seis marchas. Mesmo com toda essa potência, a empresa resolveu limitar a velocidade máxima em 250 km/h